preloader
About SOMINCOR

Neves-Corvo is a copper and zinc mine that is owned and operated by the Portuguese company SOMINCOR (Sociedade Mineira de Neves-Corvo S.A.), which is a subsidiary of Lundin Mining since November 2006.

In 1977, the Neves-Corvo massive sulphide deposit was discovered on the western edge of the Iberian Pyrite Belt. The deposit contains significant quantities of copper, tin and zinc.

After this discovery, SOMINCOR was formed on July 24th, 1980.

The Neves-Corvo mine consists of five massive sulphide orebodies: Neves, Corvo, Graça, Zambujal and Lombador.

Mining began in 1988, operated by a joint venture between the Portuguese State and Rio Tinto.

Copper production began in 1989 and tin production began in 1990.

In June 2004, SOMINCOR was acquired by Eurozinc Mining Corporation. Zinc production began in 2006, at the same time Lundin Mining Corporation merged with Eurozinc Mining Corporation.

SOMINCOR is now fully incorporated into the Lundin Mining Group, a Canadian group dedicated to the mining of base metals with operations in several countries (Brazil, Chile, Portugal, Sweden and USA).

Since then, management has focused on improving the mine’s operational performance and in the exploration of new resources and reserves in adjacent areas.

Currently, the Company produces copper, zinc and lead concentrates.

The concentrates are dispatched by rail (copper and zinc) and road (lead) for onward shipping to customers.

SOMINCOR owns and operates a facility in the port of Setubal, which is located approximately 150 kilometres north of the mine site and 50 kilometres south of Lisbon. SOMINCOR has been shipping concentrate from the same facility in Setúbal since the beginning of the operations in 1988.

The mine site is situated approximately 220km southeast of Lisbon in Baixo Alentejo. The closest village to the mine site is Castro Verde.

1977 - Descoberta da SOMINCOR
As sondagens do subsolo provaram a existência de quatro depósitos mineralizados – Corvo, Graça, Neves e Zambujal.
1980 - Constituição da SOMINCOR
51% do Estado através da atual EDM e 49% do grupo francês Peñarroya + BRGM – Bureau de Recherches Géologiques et Minières.
1982 - Início dos trabalhos de acesso ao jazigo
Rampa, poço, etc.
1985 - Rio Tinto compra 49% das ações
Os acionistas franceses vendem os seus 49% ao grupo Rio Tinto.
1986 - Realização do Projeto Cobre
No valor de 280 milhões de Euros.
1988 - Joint Venture entre o Estado Português e a Rio Tinto começa a exploração
Custo Capital Total do projeto foi 320 Milhões de Dólares.
1988 - Início da Produção de Cobre
Início da Produção de Cobre.
1990 - Início da Produção de Estanho
Início da Produção de Estanho.
1992 - Construção pela SOMINCOR do caminho-de-ferro ligando a estação de Ourique a Neves-Corvo
1993 - Acreditação do Laboratório em Neves-Corvo pela ISO 17025
Acreditação do Laboratório em Neves-Corvo pela ISO 17025.
1994 - Aprofundamento da mina
Investimento de 26 milhões de Euros.
1999 - Nova previsão de vida da mina até 2029
Considerando um aproveitamento do zinco.
2000 - Início da atividade do laboratório em Setúbal
Início da atividade do laboratório em Setúbal.
2004 - Aquisição pela Eurozinc
Aquisição pela Eurozinc.
2006 - Aquisição pela Lundin Mining através de uma fusão com a Eurozinc
Início da Produção de Zinco (Produção duplicada em 2013).
2010 - Descoberta do jazigo de cobre da Semblana
2011 - Inauguração da instalação da deposição de pasta de rejeitados na Barragem do Cerro do Lobo
Projeto inovador em minas de sulfureto.
2012 - Ampliação da Lavaria do Zinco para 1 milhão de toneladas por ano
Ampliação da Lavaria do Zinco para 1 milhão de toneladas por ano.
2014 - Homologação do alargamento da concessão de Neves-Corvo a um novo depósito mineral – Semblana
Instalação do Circuito RZ (Rejeitos de Zinco).
2015 - Estudo da Expansão do Zinco (para 2.5 Mtpa)
Estudo da Expansão do Zinco (para 2.5 Mtpa).
2017 - Anúncio do Projeto ZEP
Projeto de Expansão do Zinco.